Webmail do Servidor

PMMA apresenta plano de operações do policiamento da Via Sacra

28 de março de 2013 - 4h48

destCom objetivo de apresentar o plano de operações do policiamento a ser empregado no evento da Via Sacra do bairro do Anjo da Guarda, a PMMA promoveu na manhã de terça-feira (26), no auditório do Quartel do Comando Geral, no calhau, reunião com os orgãos que atuarão no esquema de segurança do evento. Estiveram presentes comandantes de Unidades Operacionais da capital, representantes da Polícia Civil, Secretaria de Trânsito e Transportes – SMTT, da Guarda Municipal, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU e do Grupo Teatral Grita.


A Via Sacra do Anjo da Guarda está em sua 32ª edição, é considerada o maior espetáculo teatral a céu aberto do Maranhão, a encenação da morte e ressurreição de Jesus Cristo é apresentada durante a semana santa, por um grupo de artistas e populares do Bairro Anjo da Guarda que montam cenários, textos e representam o sofrimento de Cristo pela salvação do homem.

01Segundo o Comando do Policiamento Metropolitano – CPM, durante os dois dias da apresentação de um dos maiores espetáculos do nosso Estado, a PMMA empregará 344 policiais. Na quinta (28) e sexta-feira (29), 254 PMs atuarão no serviço a pé na área e adjacências de todo perímetro onde acontecerá a festa. Serão utilizados 17 viaturas entre carros  e motocicletas e também nove conjuntos (cada conjunto é composto de um cavalo e um policial).

Para o comandante do 1º BPM, responsável pelo policiamento da área do Itaqui-Bacanga, tenente-coronel Celso, o forte esquema de segurança gantirá mais uma vez a tranquilidade e sucesso do evento. “Nosso compromisso é fazer com que os maranhenses e turistas que assistirão o espetáculo possam retornar e divulgar a beleza do evento. Objetivamos também com essa reunião aproximar as forças e que nosso plano de segurança seja conhecido pelos agentes”. Disse o comandante do 1º BPM.

02Durante a reunião representantes dos orgãos apresentaram o plano de operação a ser empregado, especificando a quantidade e ação a ser desenvolvida.

A PMMA apresentou os pontos críticos onde os policiais serão empreagados e também destacou a participação de todos batalhões da capital que atuarão nas diversas modalidades de policiamento, como barreiras de contenção, buscas, revistas a veículos e traseuntes na área e proximidades da via sacra.

 

Fonte: PMMA.